A APRESENTAÇÃO DO VINHO O RÓTULO NUMA GARRAFA DE VINHO SEJA TINTO OU BRANCO, ESPUMANTE OU ROSÉ, É SEMPRE, MAS SEMPRE, O SEU CARTÃO-DE-VISITA, TALVEZ POR ISSO OS PRODUTORES E SUAS EMPRESAS TENHAM UM IMENSO CUIDADO NAQUILO QUE PODEMOS PERFEITAMENTE
HÁ MUITO QUE ME ANDA A ROER A VONTADE DE ESCREVER SOBRE O PERTENCER A UM CLUBE DE VINHOS, POIS EU – CONFESSO – SOU FÃ DE CLUBES DE VINHOS, NÃO PELO SIMPLES FACTO DA PERTENÇA OU DA SENSAÇÃO DE
O ENOTURISMO COMO SEU APARECIMENTO VEIO TRADUZIR-SE NUMA DÁDIVA PARA TODOS, MAS NA MINHA OPINIÃO OS MAIORES GANHADORES E GRANDES BENEFICIÁRIOS SÃO OS CONSUMIDORES QUE ENVEREDAM POR ESTE TIPO DE TURISMO. OS PRODUTORES CONVENHAMOS NEM ESTAVAM MUITO PARA AÍ VIRADOS
TEMPOS ATRÁS DEDIQUEI-ME À MISSÃO DE DESCOBRIR QUAL A MELHOR FORMA DE SERVIR OS VINHOS DO PORTO TINTOS NA SUA CATEGORIA RUBY QUE SE CARACTERIZAM POR SEREM DE COR RETINTA, FRUTADOS, COM CORPO E ESTRUTURA Q.B. E COM TANINOS REDONDOS,
APRECIAR UM VINHO DO PORTO MAIS DO QUE UM CERIMONIAL CARREGADO DE TRADIÇÃO DEVE SER UM GESTO DO DIA-A-DIA, DEGUSTANDO ESTE VINHO ÚNICO, SEMPRE QUE POSSÍVEL. NA VERDADE NADA MELHOR DO QUE TER UMA GARRAFEIRA BEM APETRECHADA EM VINHOS DO

SIM, QUERO MAIS INFORMAÇÕES

Holler Box